Agenda
18, 19 e 20 de maio
Espetáculo apresentado no Teatro Gustavo Leite dias 18, 19 e 20 de maio com Denise Fraga, Tuca Andrada e grande elenco
Compre on-line
 

“Encenar a Visita depois de A Alma Boa e Galileu é quase como finalizar uma trilogia”, diz Denise Fraga.  “A trilogia de nosso eterno dilema entre a ética e o ganha pão.”

Em A Alma Boa de Setsuan, de Bertolt Brecht, espetáculo visto por mais de 220 mil pessoas, entre os anos de 2008 e 2010, a personagem principal perguntava: “Como posso ser boa se eu tenho que pagar o aluguel? Como posso ser bom e sobreviver no mundo competitivo em que vivemos?” Em Galileu Galilei, também de Brecht, espetáculo que esteve um ano e oito meses em cartaz e foi visto por mais de 140 mil pessoas, o tema é revisitado: Como posso ser fiel ao que penso sem sucumbir ao poder econômico e político vigente? Como manter meus ideais comprando meu vinho bom?

Agora chega A Visita da Velha Senhora, com 13 atores em cena, em que Friedrich Dürrenmatt expõe a fragilidade de nossos valores morais e de nossa noção de justiça quando a palavra é dinheiro. A protagonista da peça é quase a encarnação mítica do poder material, a milionária Claire Zachanassian, vivida por Denise Fraga, que com seu bilhão põe em xeque a cidade de Güllen.

O espetáculo cumpriu temporada em São Paulo e Rio de Janeiro e Belo Horizonte e  estará em cartaz nos dias 18, 19 e 20 de maio, no Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções. O espetáculo tem  patrocínio do Bradesco, parceiro e patrocinador de “Alma Boa de Setsuan” e “Galileu Galilei”, e realizado em Maceió através da Lei Federal de Incentivo à Cultura, pela NIA Teatro, Ministério da Cultura e Governo Federal.

A direção é do cineasta Luiz Villaça, que depois do sucesso de Sem Pensar, de Anya Reiss, e A Descida do Monte Morgan, de Arthur Miller, retorna mais uma vez ao teatro. A montagem tem a sofisticação de contar com cenários e figurinos do mineiro Ronaldo Fraga, que foi o vencedor da 30ª edição do Prêmio Shell de Teatro de São Paulo. A batuta do maestro Dimi Kireeff, na direção musical, o desenho de luz de Nadja Naira, da companhia brasileira de teatro, Lucia Gayotto na preparação vocal, Keila Bueno nas coreografias e preparação Corporal e Simone Batata, no visagismo.

A Visita da Velha Senhora teve nominações ao Prêmio Shell nas categorias Melhor Atriz (Denise Fraga) e Melhor Figurino (Ronaldo Fraga) e ao Prêmio Aplauso Brasil nas categorias Melhor Atriz (Denise Fraga), Melhor Direção (Luiz Villaça), Melhor Arquitetura Cênica (Ronaldo Fraga) e Melhor Espetáculo Independente.

O enredo é aparentemente simples. Os cidadãos de Güllen, uma cidade arruinada, esperam ansiosos a chegada da milionária que prometeu salvá-los da falência. No jantar de boas-vindas, Claire Zachanassian impõe a condição: doará um bilhão à cidade se alguém matar Alfred Krank, o homem por quem foi apaixonada na juventude e que a abandonou grávida por um casamento de interesse. Ouve-se um clamor de indignação e todos rejeitam a absurda proposta.  Claire, então, decide esperar, hospedando-se com seu séquito no hotel da cidade.

A partir dessa premissa, o suíço Friedrich Dürrenmatt nos premia com uma obra-prima da dramaturgia, construindo uma rede de cenas que se entrelaçam, cheias de humor e ironia, um desfile de personagens humanos e reconhecíveis que pouco a pouco, vão escancarando a nossa fragilidade diante do grande regente de nossas vidas: o dinheiro. Quem mata Krank?  Cairá Güllen na tentação de satisfazer o desejo de vingança da milionária?  Ou fará justiça?  O que é fazer justiça?  Até que ponto a linha ética se molda ao poder dinheiro?

Dürrenmatt caracteriza A Visita da Velha Senhora como uma comédia trágica e com seu humor cáustico nos pergunta: Até onde nos vendemos para poder comprar? Como o poder e o dinheiro vão descaracterizando os nossos ideais?   Por outro lado, quanto nos custa a não submissão?  O texto se desenrola abrindo ainda outros ramos de reflexão. Dürrenmatt era completamente obcecado pela questão da justiça e as sutilezas de suas fronteiras. O que é justo? O que significa justiça em nossos tempos? Até que ponto o valor moral da justiça se adequa ao poder?  Reconhecível no Brasil nos dias de hoje? A Visita da Velha Senhora expõe questões que sempre estiveram em pauta na história da humanidade, mas que caem como uma luva em nossos tão tristes tempos.

Ficha Técnica:
Autor: Friedrich Dürrenmatt
Stage rights by Diogenes Verlag AG Zürich
Tradução: Christine Röhrig
Adaptação: Christine Röhrig, Denise Fraga e Maristela Chelala
Direção Geral: Luiz Villaça
Direção de Produção: José Maria
Elenco: Denise Fraga, Tuca Andrada, Fábio Herford, Romis Ferreira, Eduardo Estrela,
Maristela Chelala, Renato Caldas, Beto Matos, David Taiyu, Luiz Ramalho, Fernando Neves,
Fábio Nassar e Rafael Faustino
Direção de Arte: Ronaldo Fraga
Direção Musical: Dimi Kireeff
Trilha Sonora Original: Dimi Kireeff e Rafael Faustino
Desenho de Luz: Nadja Naira
Produção Executiva: Marita Prado
Preparação Corporal e Coreografias: Keila Bueno
Direção Vocal: Lucia Gayotto
Preparação Vocal: Andrea Drigo
Visagismo: Simone Batata
Assistente de Direção: André Dib
Assistente de Produção: Musical Nara Guimarães
Engenheiro de Mixagem: Fernando Gressler
Camareira: Cristiane Ferreira
Assistente de Iluminação e Operador de Luz: Robson Lima
Operador de Som: Janice Rodrigues
Cenotécnicos: Jeferson Batista de Santana, Edmilson Ferreira da Silva
Assessoria Financeira: Cristiane Souza
Fotografia: Cacá Bernardes
Making Off: Pedro Villaça e Flávio Torres
Redes Sociais: Nino Villaça
Programação visual: Gustavo Xella
Assessoria de Imprensa MCZ: Sue Chamusca Arte e Assessoria
Projeto realizado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura.
Produção Original: SESI-SP | FIESP
Patrocínio Exclusivo: Bradesco
Realização: NIA Teatro, Ministério da Cultura e Governo Federal

SERVIÇO
A Visita da Velha Senhora
Com Denise Fraga, Tuca Andrada,
Fábio Herford, Romis Ferreira,
Maristela Chelala, Renato Caldas, Eduardo Estrela, Beto Matos, Luiz Ramalho,
Rafael Faustino, David Taiyu, Fábio Nassar e Fernando Neves
Dias 18, 19 e 20 de maio
Sexta e sábado, às 20h; Domingo, às 18h
Teatro Gustavo Leite
Rua Celso Piatti, s/n
Classificação:
14 anos
Duração: 120 min
Gênero: Comédia Trágica

Ingressos:
Plateia: R$ 60 (inteira) / R$ 30 (meia-entrada)
Mezanino: R$ 50 (inteira) / R$ 25 (meia-entrada)
Vendas:
Livraria Leitura (Maceió Shopping e Parque Shopping)
Soraya Farias Acessórios (Rua Eng. Mário de Gusmão, 507 – Ponta Verde)
www.eventim.com.br
Info: 82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: [email protected]
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675

20 de outubro
Show inédito e histórico em Maceió reunirá dois dos mais importantes nomes da MPB em evento all inclusive
Compre on-line
 

No dia 20 de outubro Maceió receberá um dos shows mais emocionantes do momento: Simone encontra Ivan Lins,

Este show inédito em Maceió acontecerá  no dia 20 de outubro, no Pavilhão do Centro de Convenções, em ambiente totalmente  climatizado e com toda segurança para o publico desfrutar de uma grande noite. O sistema é  all inclusive para os setores de mesa, oferecendo bebidas e cardápio de  petiscos by  chef Jualiana Almeida.

Ligadas desde o início dos anos 1970, quando, em seu álbum de estreia, Simone gravou uma canção de Ivan Lins (“Chegou a hora”), as carreiras desses dois ícones da MPB se cruzaram muitas vezes. Desde então, como que seguindo a mensagem contida em “Começar de novo” (um clássico da dupla Ivan Lins e Vitor Martins também lançado pela cantora baiana), eles têm se reencontrado, sempre renovados, prontos para novos desafios.

Esse novo reencontro acontece 14 anos após o lançamento de “Baiana da Gema”, álbum no qual Simone interpretou 13 canções então inéditas, especialmente escritas para ela por Ivan e um fabuloso leque de parceiros (Vitor Martins, Paulo César Pinheiro, Joyce, Martinho da Vila, Celso Viáfora, Aldir Blanc, Francisco Bosco, Elisa Lucinda e Flora Figueiredo).

Agora, com direção de Zélia Duncan, direção musical de Delia Fischer e cenários e figurinos de Simone Mina, a dupla poderá voltar a algumas dessas músicas e tantos outros clássicos de Ivan Lins gravados pela cantora nas últimas décadas. No repertório, entre outras pérolas, estão garantidas “Começar de novo”, “Antes que seja tarde”, “Desesperar”, “Velas içadas”,  “Bilhete”, “Daquilo que eu sei” e “Tens (Calmaria)”.

SERVIÇO
Show: Simone encontra Ivan Lins
Local: Pavilhão do Centro de Convenções
Dia: 20 de outubro
Abertura dos portões: 21h
Show time: 22h30

Mesas de 4 lugares fechadas ou abertas. Sistema all inclusive: whisky, cerveja, água e refrigerantes e petiscos by Chef Juliana Almeida.

Setor Sol:
- mesa fechada R$ 960
- mesa aberta R$ 260 por pessoa

Setor Lua:
- mesa fechada R$ 800
- mesa aberta R$ 220 por pessoa

Setor Estrela – ingressos individuais em cadeira, com serviço de bar à parte
- Inteira: R$ 120
- Meia-entrada: R$ 60

*Meia-entrada para o setor Estrela:  maiores de 60 anos, professores, estudantes e portadores de deficiência

Promoção clientes Porto Seguro: 50% de desconto para cliente ou funcionário e um acompanhante, mediante apresentação, no ato da compra, de cartões Porto Seguro, apólices e/ou vouchers. Promoção válida para compra de lugar na mesa aberta ou individuais.

Vendas:
Livraria Leitura – Parque Shopping
Aimê Acessórios – Rua Eng. Mário de Gusmão, 507 – Ponta Verde
Link de vendas: https://bit.ly/2xhXjBu

Forma de pagamento: cash, débito e crédito em até 2 X
Info: 82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: [email protected]
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675

 

 

 

24 de outubro
Evento marca comemoração de 70 anos do Sistema Fecomércio Alagoas e terá como tema “A visão do líder e o desafio de liderar para diferentes gerações”
Compre on-line
 

Para comemorar os 70 anos do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Alagoas, a Fecomércio trará o historiador, doutor em História Social pela USP e professor na UNICAMP, Leandro Karnal. A visão do líder e o desafio de liderar para diferentes gerações será o tema da palestra que acontecerá no dia 24 de outubro, às 19h, no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió.

A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Alagoas (Fecomércio AL) realiza um trabalho de bastidores a fim de assegurar condições justas na área tributária e situações gerais que envolvam o poder público e completa 70 anos de atuação no dia 4 de novembro. A Federação incorpora a função de trabalhar em prol de um melhor ambiente empresarial.

A Convenção Coletiva de Trabalho (CCT), que é um contrato obrigatório celebrado entre empresas e trabalhadores, regulamentado pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), é atribuição da Fecomércio. A entidade aborda, por meio de palestras com especialistas, temas de interesse a fim de levar informações precisas e úteis para o dia a dia do empresário. O foco da entidade também está na realização de pesquisas, por meio do Instituto Fecomércio, com o propósito de contribuir para as tomadas de decisões dos empresários.

O Sesc e o Senac funcionam como braços operacionais da Fecomércio. O Sesc atua junto ao comerciário e a população em geral nas áreas de Saúde, Educação, Assistência, Lazer e Cultura. Já a atuação do Senac está voltada à educação profissionalizante. Atuar nessas três frentes fundamentais é o papel do Sistema Fecomércio/Sesc/Senac Alagoas; sempre em defesa de ações em prol do setor que mais emprega e gera renda no Estado.

Palestrante – Karnal é convidado de programas como o Jornal da Cultura e Café Filosófico. Escreveu em autoria ou co-autoria mais de dez livros, alguns dos quais estão entre os mais vendidos do Brasil, como “Verdades e Mentiras”; “Felicidade ou Morte”; “Pecar e Perdoar”; “Detração – breve ensaio sobre o maldizer”; “História dos Estados Unidos “ e “Conversas com um jovem professor”. É membro do conselho editorial de muitas revistas científicas do país.

É colunista fixo do jornal Estadão e tem participações semanais nas rádios e canais de TV do grupo Bandeirantes. Seus vídeos e frases circulam pela internet com grande popularidade.

Serviço:
Investimento:
R$ 130,00 – inteira (2x no cartão) | R$ 65,00 – meia entrada
Local: Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, em Maceió (AL)
Dia: 24 de outubro 2018
Hora: 19h

Vendas:
FECOMÉRCIO: R. Prof. Guedes de Miranda, 188 – Farol
Aimê Acessórios – Rua Mário de Gusmão, 507 -m Ponta Verde
Livraria Leitura (Maceió Shopping e Parque Shopping)
www.eventim.com.br

Info: 82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: [email protected]
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675