Agenda
30 de setembro
Sambas, boleros, forró, música brega, frevos e marchinhas. Uma mistura sonora de primeira na preparação do 15º Baile de Máscaras
 

Os Seresteiros da Pitanguinha já começam a aquecer os tamborins. O dia 30 de setembro está reservado para o primeiro esquenta da turma que faz o mais animado baile das prévias da cidade. O local escolhido é o Orákulo, casa de shows que há mais de duas décadas vem movimentando a noite de Maceió.

No Esqueta dos Seresteiros da Pitanguinha tem de tudo um pouco: músicas brega, sambas, boleros, forrós e até frevos e marchinhas. Isso mesmo. Quem for ao Orákulo vai poder se deliciar com a versatilidade de repertório. No total vão ser 4 encontros antes do dia do grande baile: 30/09, 21/10, 18/11 e 16 /12, sempre a partir das 19h. O ingresso pode ser comprado na hora na bilheteria do Orákulo.

Serviço
Esquenta – Seresteiros da Pitanguinha
Local: Orákulo – Jaraguá
Dia 30/09
Dia 21/10
Dia 18/11
Dia 16/12

A partir das 19h
Ingressos:

Mesas para 4 pessoas: R$ 100,00
Individuais: R$ 20,00
Vendas no local

Info:
82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: info@suechamusca.com.br
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675

 

14 de outubro
Cacáu Protásio estreia na cidade com versão brasileira da heroína dos contos de fadas contracenando com as vozes em off de Paulo Gustavo, Ana Carolina, Marcus Majella , Rodrigo Fagundes entre outros.
 

Sebastiana vem a público fazer uma revelação: ela é ninguém menos que a verdadeira Branca de Neve imortalizada por Walt Disney, e vai contar em detalhes como o cineasta americano fez dela a maior princesa de todos os tempos. Este é o mote da comédia de Cacau Hygino com direção de Regiana Antonini e direção de produção de Wesley Telles e Bruna Dornellas, que será apresentada dia 14 de outubro, no Teatro Cenecista Thereza Auto Teófilo – Arapiraca , às 21h.

A comédia é um solo da atriz Cacau Protásio, que conquistou definitivamente o grande público na novela “Avenida Brasil“, de João Emanuel Carneiro, como  Zezé, empregada de Carminha (Adriana Esteves). Pela personagem, ela ganhou o Prêmio Extra de TV e foi indicada a outras premiações como “Melhores do Ano” (Faustão), “Prêmio Contigo de TV” e “Prêmio Quem de Televisão”. Atualmente integra o elenco fixo do humorístico “Vai que Cola”, programa de maior audiência do canal Multishow, como a coprotagonista Terezinha.

DEU A LOUCA NA BRANCA parte de um personagem que ocupa o imaginário mundial para falar do Brasil e do brasileiro através de uma Branca de Neve negra e exuberante, que foge dos padrões estabelecidos pelo mundo branco. A atriz quebra a chamada quarta parede do teatro, e transforma a saga desta inesperada mocinha num desabafo cômico em linha direta com a plateia.

CACAU PROTÁSIO estreou como atriz em 2000, no espetáculo “É Por Isso que Todo Adulto é Neurótico”. Depois, seguiu trabalhando nos palcos, no cinema e na televisão. Atuou em novelas como “O Clone” e “Páginas da Vida”, mas foi em “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro, que seu trabalho conquistou o grande público, como  Zezé, empregada de Carminha, personagem de Adriana Esteves. Pela personagem, ela levou para a casa o Prêmio Extra de TV, promovido pelo jornal carioca Extra, e foi indicada a várias outras premiações, como o “Melhores do Ano” (Faustão), “Prêmio Contigo de TV” e “Prêmio Quem de Televisão”.

Na sequência atuou em “Joia Rara”e, atualmente integra o elenco fixo do humorístico “Vai que Cola”, no canal Multishow, como a coprotagonista Terezinha. “Vai Que Cola”, que atualmente responde pela maior audiência do Multishow, segue para sua quinta temporada.

Também no Multishow, Cacau protagonizou a adaptação da peça Trair e Coçar é Só Começar, de Marcos Caruso. Na série, que foi ao ar entre 2014 e 2015, a atriz viveu Olímpia, empregada doméstica que trabalhava na casa de Eduardo (Cássio Scapin) e Inês (Márcia Cabrita) há mais de 10 anos.

Protásio estrelou neste ano de 2017 o longa “Lindas, Gostosas e Sexyes” e acabou de rodar o filme “Os Farofeiros”, além de lançar o livro “Gordelícias”.

Serviço
DEU A LOUCA NA BRANCA
Teatro Cenecista Thereza Auto Teófilo – Arapiraca
Dia: 14 de outubro
Horário: 21h

Ingressos:
Plateia: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Mezanino: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Vendas on line: www.eventim.com.br
Formas de pagamento: Cash / débito / crédito

Info: 82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: info@suechamusca.com.br
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675

 

 

15 de outubro
Cacau Protásio encarna uma versão brasileira da heroína dos contos de fadas contracenando com as vozes em off de Paulo Gustavo, Ana Carolina, Marcus Majella , Rodrigo Fagundes entre outros.
Compre on-line
 

Sebastiana vem a público fazer uma revelação: ela é ninguém menos que a verdadeira Branca de Neve imortalizada por Walt Disney, e vai contar em detalhes como o cineasta americano fez dela a maior princesa de todos os tempos. Este é o mote da comédia de Cacau Hygino com direção de Regiana Antonini e direção de produção de Wesley Telles e Bruna Dornellas, que será apresentada dia 15 de outubro, no Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió , às 19h.

A comédia é um solo da atriz Cacau Protásio, que conquistou definitivamente o grande público na novela “Avenida Brasil“, de João Emanuel Carneiro, como  Zezé, empregada de Carminha (Adriana Esteves). Pela personagem, ela ganhou o Prêmio Extra de TV e foi indicada a outras premiações como “Melhores do Ano” (Faustão), “Prêmio Contigo de TV” e “Prêmio Quem de Televisão”. Atualmente integra o elenco fixo do humorístico “Vai que Cola”, programa de maior audiência do canal Multishow, como a coprotagonista Terezinha.

DEU A LOUCA NA BRANCA parte de um personagem que ocupa o imaginário mundial para falar do Brasil e do brasileiro através de uma Branca de Neve negra e exuberante, que foge dos padrões estabelecidos pelo mundo branco. A atriz quebra a chamada quarta parede do teatro, e transforma a saga desta inesperada mocinha num desabafo cômico em linha direta com a plateia.

 CACAU PROTÁSIO estreou como atriz em 2000, no espetáculo “É Por Isso que Todo Adulto é Neurótico”. Depois, seguiu trabalhando nos palcos, no cinema e na televisão. Atuou em novelas como “O Clone” e “Páginas da Vida”, mas foi em “Avenida Brasil”, de João Emanuel Carneiro, que seu trabalho conquistou o grande público, como  Zezé, empregada de Carminha, personagem de Adriana Esteves. Pela personagem, ela levou para a casa o Prêmio Extra de TV, promovido pelo jornal carioca Extra, e foi indicada a várias outras premiações, como o “Melhores do Ano” (Faustão), “Prêmio Contigo de TV” e “Prêmio Quem de Televisão”.

Na sequência atuou em “Joia Rara”e, atualmente integra o elenco fixo do humorístico “Vai que Cola”, no canal Multishow, como a coprotagonista Terezinha. “Vai Que Cola”, que atualmente responde pela maior audiência do Multishow, segue para sua quinta temporada.

Também no Multishow, Cacau protagonizou a adaptação da peça Trair e Coçar é Só Começar, de Marcos Caruso. Na série, que foi ao ar entre 2014 e 2015, a atriz viveu Olímpia, empregada doméstica que trabalhava na casa de Eduardo (Cássio Scapin) e Inês (Márcia Cabrita) há mais de 10 anos.

Protásio estrelou neste ano de 2017 o longa “Lindas, Gostosas e Sexyes” e acabou de rodar o filme “Os Farofeiros”, além de lançar o livro “Gordelícias”.

Serviço
DEU A LOUCA NA BRANCA
Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió
Rua Celso Piatti, S/N – Jaraguá
Dia: 15 de outubro
Horários: 19h

Ingressos:
Plateia: R$ 60,00 (inteira) e R$ 30,00 (meia)
Mezanino: R$ 50,00 (inteira) e R$ 25,00 (meia)

Vendas on line: www.eventim.com.br
Livraria Leitura (Parque Shopping)
Loja Alethia (Maceió Shopping – térreo)
Soraya Farias Acessórios – Rua Engenheiro Mário de Gusmão, 507 Galeria Ponta Verde Center – Loja 19

Formas de pagamento: Cash / débito / crédito

Info: 82 3235-5301
Site: www.suechamusca.com.br
E-mail: info@suechamusca.com.br
Face: fb.com/suechamusca
Instagram: @suechamuscaoficial
WhatsApp: 82 99928-8675