Agenda
12 de Julho às 20h
Fenômeno nas redes e no Youtube com milhões de acesso, comediante se apresenta em Maceió
Compre on-line
 

Ele é um fenômeno. Cada postagem de um vídeo de facebullying no Youtube rende quase um milhão de acessos. As temporadas de seus espetáculos em São Paulo estão sempre lotadas. E em qualquer parte do País onde se apresente os fãs plugados ficam alvoroçados para vê-lo de perto e, quem sabe, interagir com ele no palco.

No dia 12 de julho, o comediante Maurício Meirelles subirá ao palco do Teatro Gustavo Leite com seu novo stand up, Não leve a sério 2 + facebullying.  Considerado  um dos principais nomes do gênero nacional, durante 80 minutos Meirelles fala, analisa e comenta os mais diversos assuntos: de relacionamentos a um simples jogo de xadrez.

Um show sem comprometimento com nada e proibido para quem odeia se escangalhar de rir. Não recomendado para vegetarianos, amantes do cinema iraniano e pessoas que numa reunião falam “vamos focar”.  Sucesso no Facebook e Twitter, o espetáculo fracassou no Orkut. Censura: 18 de QI.

Sobre Maurício Meirelles: Desde novembro de 2011 é integrante do programa “Custe o Que Custar - CQC”, da Band. O humorista também integra o elenco fixo do show “Comédia ao Vivo”, em cartaz em São Paulo. Foi redator do programa “Legendários”, da Rede Record, e roteirista da peça “Labutaria”, com Marco Luque. Fez parte do elenco do “Seleção do Humor”, espetáculo de comédia stand up que foi assistido por mais de 120 mil pessoas.

Em 2010 lançou o livro “E Se o Stand-up Virasse Livro – o primeiro show impresso do Brasil”, pela Ediouro. Mauricio Meirelles tem um pocket show de humor especial para o mercado coorporativo, que já foi apresentado para mais de 100 empresas.

Formado em Publicidade e Propaganda, Meirelles trabalhou durante sete anos como redator nas principais agências do País. O comediante posta regularmente vídeos em seu canal no Youtube, com destaque para o “Tosco Show” – talk show gravado com anônimos no centro de São Paulo –, o “Facebullying” e, mais recentemente, a web série “Pornorrágico”.

SERVIÇO
Não Leve à Sério 2 + FaceBulliyng

Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió
12 de julho às 20h

Ingressos: R$ 40,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira)

Formas de pagamento: cash / débito / crédito
Infos: 82 3235-5301 / 3317-0865 / 99928-8675 / info@suechamusca.com.br  / @suechamuscoficial

rodape-agenda

17 de julho às 21h
Ao mesmo tempo em que colocava as mãos no primeiro exemplar de seu mais recente disco de inéditas, Carbono, Lenine já botava os pés na estrada com a nova turnê.
Compre on-line
 

Lenine estreia turnê Carbono

Show em Maceió acontece dia 17 de julho no Teatro Gustavo Leite

Ao mesmo tempo em que colocava as mãos no primeiro exemplar de seu mais recente disco de inéditas, Carbono, Lenine já botava os pés na estrada com a nova turnê. Como versa um de seus novos sucessos, é “Simples assim”. Partindo do álbum considerado pela crítica como um dos pontos altos da discografia do artista, o espetáculo Carbono será visto em Maceió no dia 17 de julho, às 21h, em única apresentação no Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções.

Com direção musical de Lenine, o roteiro do show é composto por todas as onze faixas do disco – como “Castanho” (Lenine/Carlos Posada), “Simples assim” (Lenine/Dudu Falcão) e “Cupim de ferro” (Lenine/Nação Zumbi), entremeadas por músicas de sua carreira dotadas de imprescindível química sonora com o repertório atual. A viagem passa por Olho de Peixe, Na Pressão, O Dia em Que Faremos Contato e Labiata, entre outros, voltando sempre ao elementar Carbono.

Produtores do disco ao lado de Lenine, Bruno Giorgi (bandolim, guitarra, efeitos e vocais) e JR Tostoi (guitarra e vocais), juntam-se a Guila (baixo, synth e vocais) e Pantico Rocha (bateria e vocais), formando o “núcleo duro” de Carbono. O time confere ao show uma atmosfera mais roqueira, em alguns momentos; mas tão híbrida quanto a do disco do qual participam Nação Zumbi, Orkestra Rumpilezz, Martin Fondse Orchestra (Amsterdam), instrumentistas como Carlos Malta, Marcos Suzano, Ricardo Vignini, entre tantos.

“Solene, terreno, imenso” – o elemento carbono é destaque no cenário concebido pela designer Natália Lana e pelo light designer Robson de Cassia, a cargo também da iluminação. Lâmpadas abastecidas por energia solar e pneus reciclados compõem a cena, em sintonia com o projeto de redução do impacto ambiental da turnê, que também envolve o plantio de árvores para neutralização das emissões de CO2.

Em suma, “Carbono é permanência e continuidade”, como diz Lenine. E uma deliciosa oportunidade para o cantautor “tirar um som” ao lado dos amigos de longa data. Não por acaso, o espetáculo é encerrado com “Undo”, faixa instrumental composta pelos cinco músicos e gravada, por pura afetividade, na Toca do Bandido, reverenciando o saudoso amigo Tom Capone.

Serviço:

Lenine – turnê Carbono

Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió
17 de julho às 21h

Ingressos:

Plateia: R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira)
Mezanino: R$ 40,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira)

Pontos de venda:

Casa das Tintas
Farol – Av. Fernandes Lima, 2229
Ponta Verde – Av. Dep. José Lages, 897

Loja Alethia
Maceió Shopping – térreo
Parque Shopping – 1º andar

Vendas on line: www.ingressorapido.com.br

Formas de pagamento: cash / débito / crédito em até 2 X no cartão

Infos: 82 3235-5301 / 3317-0865 / 99928-8675

svlyra@suechamusca.com.br / info@suechamusca.com.br / @suechamuscaoficial

8 de agosto às 19h e 9 de agosto às 18h
Espetáculo circense idealizado pelo ex-integrante do Cirque du Soleil será a grande atração do Teatro Gustavo Leite em agosto
 

Rudá: Um Sonho Real mistura linguagem teatral com dança e acrobacias aéreas para mostrar o lado mais lúdico da infância. Cumpriu, com grande sucesso, temporada de 2 meses no Rio de Janeiro e agora pode ser conferido em várias cidades do Brasil.

Maceió está incluída no roteiro que comtempla também: Belo Horizonte, Salvador, Recife, Aracaju, Belém, Porto Alegre, Curitiba, Goiânia, Brasília e Maceió, entre outras. As apresentações na capital Alagoana acontecem dias 8 e 9 de agosto no Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções.

Amarelinha, esconde esconde, pião e pipa. Dias que não tinham fim. As crianças brincavam na rua até o anoitecer, sem pressa, sem compromisso. Infância era sinônimo de brincadeira. E foi essa brincadeira que inspirou a criação do primeiro espetáculo circense do diretor Gustavo Lobo, da Cia Rudá, de Santos. A produção é assinada pelo também ator Marcelo Faria.

O tema é desenvolvido através da união da dramaticidade do teatro com a sutileza da acrobacia aérea, a suavidade da dança e com um intenso trabalho atlético e corporal. Todos os ingredientes que resultam da experiência de dez anos de trabalho de Gustavo Lobo com o Cirque Du Soleil.  A narrativa é conduzida por oito personagens que contam a riqueza de suas lembranças e o quanto era divertido um simples jogo de taco até a hora do jantar, remetendo à época que não éramos perseguidos pelo relógio. O espetáculo propõe ao público um resgate de uma infância remota, fazendo um contraste entre as gerações das brincadeiras que tomavam conta das ruas e as virtuais que não precisam sair de casa, quando ainda se tem tempo para brincar.  E, assim, mergulhar em uma viagem no tempo.

A COMPANHIA RUDÀ

Foi a concretização do sonho do diretor Gustavo Lobo. Ele passou boa parte da infância pulando de um a outro telhado na cidade de Santos. Até entrar na ginástica olímpica e fazer parte da equipe brasileira, representando o país nas Olimpíadas de Moscou. Lá foi descoberto e levado para o Cirque du Soleil, onde participou do processo de criação do espetáculo “Corteo”, o primeiro a misturar o teatro com as acrobacias. Cinco anos mais tarde foi convidado por Daniele Finzi Pasca, diretor do espetáculo canadense, a participar de uma nova criação, o “Nebbia”, dessa vez de sua companhia Suíça Teatro Sunil, em co-produção com o Cirque Eloize, do Canadá. Mas depois de dois anos e meio viajando o mundo com o espetáculo, voltou para o Soleil, onde ficou por mais três anos. Mas a saudade bateu mais forte e Gustavo resolveu colocar em prática o grande sonho de montar a sua própria companhia, trazendo para o nosso país todo o estudo e aprendizado ao longo desses 10 anos.

 O espetáculo “Rudá, um sonho Real” é uma realização da Cia Rudá em parceria com o ator Marcelo Faria e patrocínio da Caixa Seguradora

Ficha Técnica:
Criação e Direção:
Gustavo Lobo
Elenco: Ana Luiza Rehder, Eder Cunha, Gustavo Lobo, Kyra Jean Green, Marcos Porto, Margaretha Nuijten, Willian Kreff  e Zeca Padilha
Cenografia: Mauriomar Cid, Luiz Fernando Almeida, Marcos Porto e Andre Cajaiba,
Figurino: Waldir Correia
Criação de luz: Andre Cajaiba
Direção de Produção: Marcelo Faria
Produção executiva turnê Brasil: Alessandra Azevedo
Gerência de Marketing:  Roy Garcia
Assessoria Administrativa Financeira: Armando Lito
Criação musical: Alain Bradette
Operação de som: Emerson Junior (Nono)
Operação de luz: André Cajaiba
Assistente de direção: Kyra Jean Green
Programação visual: Carol Vasconcellos
Mídias Sociais: Laura Rodrigues Velho
Assessoria de imprensa: Textual
Realização: Companhia Rudá
Promoção: TV Globo
Patrocínio: CAIXA Seguradora
Duração:
90 minutos
Classificação: Livre

SERVIÇO:
RUDÁ – Um Sonho Real
Teatro Gustavo Leite – Centro de Convenções de Maceió
8 de agosto às 19h
9 de agosto às 18h

Ingressos:
Plateia: R$ 50,00 (meia) e R$ 100,00 (inteira)
Mezanino: R$ 40,00 (meia) e R$ 80,00 (inteira)

Formas de pagamento: cash / débito / crédito em até 2 X
Info: 82 3235-5301 / 3317-0865 / 9928-8675 / info@suechamusca.com.br